Como proteger as crianças do sol? Aprenda a escolher um protetor solar infantil adequado

24/01/2022 protetor solar infantil

Ao longo dos primeiros anos de vida, as crianças costumam se expor muito ao sol durante atividades recreativas, esportivas, banhos de mar e piscina e até mesmo em caminhadas ao ar livre. Diante disso, para evitar os malefícios dos raios solares, é preciso investir em um protetor solar infantil.  

Isso porque as crianças fazem parte de um grupo especialmente vulnerável aos efeitos dos raios UVA e UVB, responsáveis por situações que vão desde queimaduras até o câncer de pele.  

Mas você sabe como escolher um protetor solar infantil? Aprenda a importância do uso desse produto e como optar pelo mais seguro e eficiente para os pequenos!  

Qual é a importância do uso de um protetor solar infantil? 

O uso de um protetor solar na infância, assim como na idade adulta, é fundamental para proteger contra os raios UVA, UVB e Infravermelho que causam: 

  • câncer de pele; 
  • envelhecimento precoce; 
  • queimaduras;  
  • fotoenvelhecimento;  
  • manchas decorrentes da exposição solar.  

A pele das crianças é diferente pois a sua imunidade ainda está se desenvolvendo, logo elas são mais suscetíveis a infecções e outras enfermidades4

Além disso, elas têm uma superfície corporal maior em relação ao seu peso, uma epiderme mais fina e um extrato córneo menos denso, o que facilita uma maior absorção de produtos tópicos5

Em geral, estudos demonstram que os pequenos ficam expostos ao sol entre 2,5h e 3h por dia, o que representa uma média anual três vezes maior do que a dos adultos5

Conectado a isso, estimativas indicam que a exposição solar é mais frequente e intensa até os 18 anos de idade, o que a torna responsável por até 80% dos danos causados à saúde das pessoas em decorrência dos raios ultravioletas5

Isso se deve ao fato de que as crianças muitas vezes realizam atividades ao ar livre e nem sempre utilizam medidas de proteção6

Por conta disso, é imprescindível que as crianças usem diariamente um protetor solar infantil!   

Como escolher um protetor solar infantil? 

O principal ponto a ser levado em consideração ao escolher um protetor solar infantil é o seu FPS. Esse número revela o fator de proteção solar de um item. Ou seja, com um fator 30 ela está 30 vezes mais protegida (em tempo) do que se não tivesse com o filtro7

Na teoria, isso significa que se a criança fica vermelha por causa do sol após 5 minutos de exposição, com um protetor de FPS 30 isso levaria mais de 150 minutos. Na prática esse tempo é menor devido a inúmeros fatores.  

Para os pequenos, é aconselhado um protetor solar infantil com FPS no mínimo 30. No entanto, eles podem se beneficiar de um FPS a partir de 50, já que, em geral, as pessoas aplicam uma quantidade até 65% menor do que o recomendando, o que prejudica a ação do filtro, diminuindo o seu fator de proteção5

Além disso, outro aspecto a ser observado é se o protetor solar infantil é hipoalergênico, isto é, se o produto evita o uso de elementos alérgenos em sua formulação, que são reconhecidos por provocarem alergias nas pessoas8.   

Entre os principais a serem evitados estão9

  1. fragrâncias: algumas substâncias desse tipo são sintéticas e mascaram toxinas que podem contribuir para alergias da pele; 
  2. parabenos: conservantes que dão aos dermocosméticos uma durabilidade maior. Alguns exemplos de parabenos que podem ser encontrados são methylparaben, propylparaben e butylparaben. Atualmente, há estudos que sugerem um potencial risco para a saúde por parte desses componentes. 

Como usar um protetor solar infantil? 

O protetor solar infantil deve ser utilizado todos os dias, mesmo naqueles em que o céu está nublado (já que os raios ultravioletas são capazes de atingir a pele da mesma maneira).  

Além disso, seu uso não deve ser restrito só à praia ou à piscina, mas também deve ser feito durante atividades de lazer, esportes e qualquer outra ação ao ar livre5

Para isso, ele precisa ser aplicado 20 minutos antes da exposição5 e reaplicado a cada duas horas, dependendo do nível de suor e se a criança entrou no mar ou na piscina. Inclusive, mesmo um protetor resistente à água deve ser passado novamente.  

As quantidades ideais que devem ser usadas em cada região do corpo, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia10, são as seguintes:  

  • uma colher de chá no rosto, pescoço e cabeça; 
  • uma colher de chá para a parte da frente do tronco e outra para a de trás; 
  • uma colher de chá para cada braço; 
  • uma colher de chá para a parte da frente de cada perna e outra para a de trás. 

Qual é o melhor protetor solar infantil indicado pelos dermatologistas? 

O melhor protetor solar infantil indicado pelos dermatologistas é aquele que tenha o FPS no mínimo 30, proteja contra os raios UVA e UVB e seja, preferencialmente, hipoalergênico. 

Um produto que se encaixa perfeitamente nesses requisitos é o protetor solar Episol Infantil, da Mantecorp Skincare. Ele está disponível nos FPS 50 e 70 e possui alta proteção contra os raios UVA, UVB e Infravermelho A, graças à sua formulação que combina filtros com comprovada ação contra os danos causados por esses raios. 

Além disso, o protetor solar Episol Infantil não contém parabenos, petrolatos, fragrâncias, nem corantes, sendo um produto hipoalergênico e mais sensível para a pele delicada dos pequenos. 

Confira mais detalhes sobre esse protetor solar infantil no nosso site!  

Referências consultadas:   

1. Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional Rio de Janeiro. Você sabia que há um protetor solar ideal para você? Disponível em: <https://sbdrj.org.br/voce-sabia-que-ha-um-protetor-solar-ideal-para-voce/>. Acesso em: novembro, 2021. 

2. Simon S. Choose the Right Sunscreen. American Cancer Society, 2018. Disponível em: <https://www.cancer.org/latest-news/choose-the-right-sunscreen.html>. Acesso em: novembro, 2021. 

3. The Skin Cancer Foundation. All About Sunscreen. Disponível em: <https://www.skincancer.org/skin-cancer-prevention/sun-protection/sunscreen/>. Acesso em: novembro, 2021. 

4. Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional Rio de Janeiro. Como cuidar da pele das crianças no verão? Disponível em: <https://sbdrj.org.br/como-cuidar-da-pele-das-criancas-no-verao/>. Acesso em: novembro, 2021. 

5. Sociedade Brasileira de Dermatologia. Guia de fotoproteção na criança e adolescente. 2017. Disponível em: <https://app.isend.com.br/iSend/external/magazine?encrypt=856C7AD3F35DE85DA917FC6D79749975342476CDB528F629880FDD92D0E28577>. Acesso em: novembro, 2021. 

6. Bau AEK. Proteção solar na infância. Sociedade Brasileira de Dermatologia. 2012. Disponível em: <https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/2012/12/Fotoproteo-na-infancia-e-adolescencia-para-o-pediatra-2015.pdf>. Acesso em: novembro, 2021. 

7. Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Proteção solar. Disponível em: <https://www.sbcd.org.br/cirurgia-dermatologica/o-que-e-cirurgia-dermatologica/para-sua-pele/protecao-solar/>. Acesso em: outubro, 2021. 

8. Healthline. Hypoallergenic: Is There Really Such a Thing? 26 abril, 2019. Disponível em: <https://www.healthline.com/health/allergies/hypoallergenic?slot_pos=article_1&utm_source=Sailthru%20Email&utm_medium=Email&utm_campaign=allergies&utm_content=2019-05-07&apid=25482733#overview>. Acesso em: outubro, 2021. 

9. Healthline. Choosing a Healthy Facial Moisturizer. 30 julho, 2020. Disponível em: <https://www.healthline.com/health/cosmetic-safety/healthy-facial-moisturizers#FDA-Guidelines-for-Cosmetics>. Acesso em: outubro, 2021. 

10. Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional São Paulo. Qual a quantidade ideal de protetor solar? Disponível em: <https://www.sbd-sp.org.br/geral/qual-a-quantidade-ideal-de-protetor-solar/>. Acesso em: novembro, 2021. 

Imagem com as embalagens de produtos da categoria Proteção Solar

posts relacionados