Diferença do protetor solar do rosto e corpo: entenda na prática!

21/06/2022 entenda a diferença entre protetor solar de rosto e corpo

O sol é um dos maiores aliados da saúde da nossa pele, sendo essencial para a absorção de vitamina D e para a manutenção do ritmo circadiano¹. Mas quando em excesso e sem proteção adequada pode causar danos para a nossa pele.  

Se você se preocupa com esse assunto, já deve ter se deparado com a seguinte dúvida: há diferença entre protetor solar para o rosto e para o corpo? A resposta é sim! Há distinções importantes entre esses produtos, especialmente levando em consideração as especificidades da pele da face e demais partes do corpo.  

Saiba mais sobre quais são as funções e diferenças entre protetor solar para o rosto e para o corpo, além de aprender como utilizá-los corretamente no dia a dia.  

Qual é a função do protetor solar? 

Os diferentes tipos de protetor solar têm como principais funções²: 

  • defender a pele dos raios UVA e UVB; 
  • atuar contra o fotoenvelhecimento; 
  • prevenir o câncer de pele;  
  • evitar o ressecamento da pele. 

De acordo com a descrição da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica³, “os protetores solares (ou filtros solares) são agentes químicos de uso tópico capazes de dificultar que a radiação UV atinja e danifique a nossa pele. A radiação UV incide sobre a Terra junto com a luz do sol, está dividida em dois tipos – UVA e UVB –, e provoca diversas reações na pele“. 

A radiação UVA tem intensidade constante durante o ano todo, mesmo no inverno, por isso é importante se cuidar em qualquer estação do ano. Afinal, é ela que causa o fotoenvelhecimento e favorece o surgimento do câncer². 

Por sua vez, os raios UVB são os que penetram na superfície da pele, a epiderme, e causam queimaduras. Também são responsáveis por alterações celulares que podem desencadear um câncer². 

Por isso, é importante usar um produto que preserve a pele contra os raios UVA e UVB. Atente-se ao FPS (fator de proteção solar), que quantifica a proteção que um determinado produto é capaz de oferecer, em termos de tempo de exposição, contra a queimadura solar se comparado à exposição desprotegida. Lembrando que para que essa proteção seja eficaz, o protetor solar deve ser aplicado da maneira correta e em quantidades adequadas. 

Qual é a diferença entre protetor solar para o rosto e c para o corpo?  

A principal diferença entre o protetor solar indicado para o rosto e para corpo está na sua composição.  

Isso tem relação direta com o nosso tipo de pele e nas diferenças entre essas áreas. 

Em geral, o rosto é mais oleoso, o que torna importante o uso de um produto oil-free para evitar o surgimento de cravos e espinhas². Por isso, muitos itens de proteção solar para a face contam com outros ingredientes na sua composição, para auxiliar no combate ao envelhecimento precoce, prevenir rugas e hidratar. Alguns contam também com cor para auxiliar na proteção contra a luz visível, além de funcionar como maquiagem.    

Além disso, a pele do nosso rosto, principalmente a da região ao redor dos olhos, tende a ser mais fina e estar mais suscetível aos raios solares, o que conta para existirem diferenças entre o protetor solar para rosto e corpo4.  

Já a região do colo, por exemplo, é uma das mais expostas durante o verão e merece atenção especial. Ademais, ela é mais fina que outras partes do corpo, porém ligeiramente mais espessa que a face e possui poucas glândulas sebáceas, fazendo com que a cicatrização seja mais difícil nessa área5

Tanto a pele do rosto, quanto do corpo precisam de hidratação o ano todo, mas no inverno o corpo tende a ressecar mais. Isso acontece porque temos mais glândulas sebáceas na face do que no restante do organismo6

Por isso, além de proteger o rosto todos os dias, é essencial dar atenção também ao colo e às demais partes expostas. 

O ideal é verificar a formulação e indicação de cada produto, além de consultar um dermatologista para conferir as melhores soluções para o seu caso.  

Como devo utilizar o protetor solar no dia a dia? 

Como falamos, o ideal é que se use um protetor solar de FPS no mínimo 30 no dia a dia. As quantidades adequadas para cada região do corpo, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia², são as seguintes:  

  • uma colher de chá no rosto, pescoço e cabeça; 
  • uma colher de chá para a parte da frente do tronco e outra para a de trás; 
  • uma colher de chá para cada braço; 
  • uma colher de chá para a parte da frente de cada perna e outra para a de trás. 

É claro que você não precisa medir exatamente essas porções antes de passar o protetor, mas pode utilizar essas referências na hora de aplicar na sua mão e espalhar pela face e no restante do corpo.  

A aplicação deve ser feita 30 minutos antes da exposição ao sol, em qualquer área do corpo que esteja descoberta². Além disso, deve ser reaplicado a cada duas ou três horas ou quando for necessário, de maneira uniforme e sem deixar acúmulos.  

Qualquer pessoa, independente da cor da pele, deve usar protetor solar para prevenir as doenças e condições que afetam a nossa pele, resultantes da exposição solar.  

Qual protetor devo utilizar? 

Como você pode ter percebido, é importante averiguar várias questões ao escolher um protetor solar: FPS, proteção contra raios UVA e UVB e também qualidades complementares como hidratação, tratamento de manchas e adicional de cor, no caso dos  indicados para a face.  

Apesar das diferenças entre protetor solar para o rosto e para o corpo, é fundamental investir em produtos de qualidade para ambas as partes.  

A Mantecorp Skincare tem soluções para todos os tipos de pele e necessidades. Para o corpo, uma das nossas indicações é o Episol Intense. Ele atua contra os raios UVA, UVB e Infravermelho, além de ser resistente à água, ao suor e ao cloro. É fácil de espalhar e possui rápida absorção. Além disso, hidrata por 12h e tem ação antioxidante para preservar o colágeno. Está disponível nas versões FPS 30 e 60. 

Já para o rosto, é possível encontrar opções com ou sem cor, como o Episol Color e o Episol Antiox, respectivamente. O Episol Color está disponível em cinco tonalidades, da pele mais clara até a mais escura, com FPS 30 e 70 em todas as formulações. Entre seus benefícios está a prevenção ao envelhecimento precoce e uma cobertura perfeita e uniforme. 

Por sua vez, o Episol Antiox está disponível em FPS 60, tem ação antioxidante e prevenção de sinais de envelhecimento cutâneo. Além disso, suaviza rugas e linhas de expressão e melhora a firmeza e elasticidade da pele. 

Conheça melhor outras opções de dermocosméticos para proteger e hidratar a sua pele no nosso site!  

Referências consultadas:  

1. Harvard Health Publishing – Harvard Medical School. Sun protection: Appropriate sunscreen use. 21 junho, 2018. Disponível em: <https://www.health.harvard.edu/blog/sun-protection-appropriate-sunscreen-use-2018062114114>. Acesso em: julho, 2021. 

2. Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional São Paulo. Qual a quantidade ideal de protetor solar? Disponível em: <https://www.sbd-sp.org.br/geral/qual-a-quantidade-ideal-de-protetor-solar/>. Acesso em: julho de 2021. 

3. Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Proteção solar. Disponível em: <https://www.sbcd.org.br/cirurgia-dermatologica/o-que-e-cirurgia-dermatologica/para-sua-pele/protecao-solar/>. Acesso em: julho de 2021. 

4. Harvard Health Publishing – Harvard Medical School. Ask the doctor: baggy eyes. 1 maio, 2011. Disponível em: <https://www.health.harvard.edu/staying-healthy/baggy-eyes>. Acesso em: julho, 2021. 

5. Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional São Paulo. Os tratamentos indicados para a região do colo. Disponível em: <https://www.sbd-sp.org.br/geral/os-tratamentos-indicados-para-regiao-colo/>. Acesso em: julho de 2021. 

6. Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Cuidados gerais com a pele. Disponível em: <https://www.sbcd.org.br/cirurgia-dermatologica/o-que-e-cirurgia-dermatologica/para-sua-pele/cuidados-gerais-com-a-pele/>. Acesso em: julho de 2021. 

Imagem com as embalagens de produtos da categoria Proteção Solar

posts relacionados