5 dicas para pele oleosa: descubra como cuidar e controlar o brilho

06/11/2021 Imagem do blog de Mantecorp Skincare, do post 5 dicas para pele oleosa: descubra como cuidar e controlar o brilho

Desde o brilho excessivo e poros dilatados até cravos e acne, a pele oleosa é muitas vezes a responsável por uma série de incômodos. 

Geralmente causada pela produção exacerbada de sebo pelas glândulas sebáceas, esse tipo de pele costuma ser identificada pelo brilho excessivo, especialmente na zona T, além de poros dilatados e superfície mais espessa. 

Por isso, é essencial contar com uma rotina de cuidados composta por produtos de limpeza e hidratação específicos para controlar a oleosidade da pele e deixá-la mais saudável e bonita. Quer saber quais são esses cuidados? Então continue a leitura e confira 5 dicas para pele oleosa! 

O que causa a pele oleosa? 

Se você nunca entendeu como a sua pele é tão oleosa, saiba que esse problema pode ter diversas causas. De acordo com as dermatologistas Camila Almeida Saab e Fernanda Caldeira, dentre as principais causas é válido citar: 

  • Produção em excesso de sebo: o aparecimento de cravos e espinhas é muitas vezes causado pela produção exacerbada de sebo pelas glândulas sebáceas; 
  • Genética: cada pessoa possui uma produção de sebo determinada pelos genes;  
  • Meio ambiente: em um país com um altas temperaturas e problemas de poluição, a pele pode ser afetada por essas condições; 
  • Comportamento: tudo que fazemos pode influenciar a nossa pele, como a quantidade de maquiagem que usamos, tempo investido em atividades físicas, tipo de alimentação e até mesmo os medicamentos ingeridos; 
  • Estresse: dentre os vários malefícios do estresse, infelizmente a oleosidade está inclusa. Quando vivemos em uma rotina continuamente estressante, o hormônio de cortisol fica alto e estimula a produção do sebo. 

Lembrando que a pele oleosa pode ser uma consequência de um dos fatores citados acima ou uma combinação deles. Por isso, é importante se consultar com um dermatologista, que diagnosticará as causas de oleosidade da sua pele e indicará o tratamento adequado. 

5 dicas para pele oleosa 

Cuidado na frequência de limpezas 

Muitas pessoas que se sentem incomodadas com a oleosidade da pele implementam na rotina várias limpezas de pele ao longo do dia para deixá-lo com um aspecto mais seco.  

Entretanto, a dermatologista Juliana Piquet alerta que esse tipo de pele não deve ser lavado mais que três vezes. Além de lavar a pele de manhã e à noite, quem se sentir incomodado ao longo do dia pode optar por uma limpeza extra na hora do almoço

“Lavar em excesso acaba ressecando a pele, que entende que precisa produzir mais sebo, levando ao efeito rebote”, explica a dermatologista. Além do possível efeito rebote, a dermatologista alerta que as limpezas em excesso podem comprometer a barreira cutânea, alterar o microbioma e a função de defesa da pele.  

Uma dica para pele oleosa no momento da limpeza é o Glycare Duo, que pode ser utilizado diariamente como sabonete para limpeza profunda e semanalmente como máscara para intensificar a melhora da textura e uniformidade da pele.  

Na sua formulação você encontrará o ácido glicólico em Matriz Nano 3D associado à Niacinamida (Vitamina B3), que controla a oleosidade e auxilia na redução de cravos e espinhas sem prejudicar a função de proteção da pele. 

Não deixe a hidratação de lado 

Se você pensava que a hidratação pode ser deixada de lado por sua pele ser oleosa, muita atenção nessa dica de skincare para pele oleosa. 

A verdade é que todos os tipos de pele devem ser hidratados, inclusive a oleosa. Entretanto, a hidratação desse tipo de pele deve ser feita com mais cuidado e atenção, preferencialmente utilizando apenas produtos oil free, ou seja, sem óleo na composição. 

Epidrat Mat FPS 30, por exemplo, é uma ótima dica de skincare para peles oleosas. Com FPS 30, sua fórmula possui uma combinação de ativos hidratantes, antioxidantes e matificantes que controlam a oleosidade e o brilho da pele.  

Já a sua textura leve e fluída garante uma rápida absorção com um toque seco. Ele também oferece uma versão com cor para a cobertura natural com efeito uniformizador e proteção contra luz visível. 

Água, sempre! 

A hidratação que citamos no tópico anterior não deve estar apenas do lado de fora. Por isso, além dos produtos dermatológicos, é recomendada a ingestão diária de pelo menos dois litros de água. 

Segundo a dermatologista Paula Chicralla, a água diminui os radicais livres, as impurezas e, claro, o acúmulo de sebo. 

Se possível, opte por produtos em sérum ou gel 

Sempre que possível, também é recomendada a escolha de produtos em sérum ou gel para cuidar da pele oleosa, por serem mais secos. Já entre os dois, o vencedor é o sérum, já que ele irrita menos que o gel e é bem fluido. 

Glycare sérum é um ótimo exemplo, já que esse rejuvenescedor oferece múltiplos benefícios em sua formulação, além do desejado controle da oleosidade e redução dos poros aparentes. 

Um dos destaques é a combinação entre o Ácido Glicólico nanoencapsulado, Niacinamida e Alfa-arbutin, que juntos promovem renovação celular, redução dos sinais de envelhecimento como rugas e linhas de expressão e o clareamento e uniformização do tom da pele.  

Nunca se esqueça do protetor solar 

Apesar dessa não ser uma dica exclusiva para peles oleosas, ela é tão importante que não podíamos deixar de citar no texto. O protetor solar é uma das etapas mais importantes de skincare e deve ser implementada na sua rotina para que sua cútis permaneça bonita e saudável. 

https://www.instagram.com/p/CLhVs9IH0at/

A atenção nesse ponto é para o tipo de protetor solar que pode ser usado, porque existem opções específicas para peles oleosas, como o Episol Sec OC

Essa linha de protetor solar, que está disponível nos FPS 30, 60 e 99, é indicada para pele oleosa devido a sua tecnologia Skin Self Control, que possui ativos que agem diretamente na glândula sebácea.  

Mas não se esqueça que antes de comprar dermocosméticos como os que citamos no texto, é importante consultar seu médico dermatologista para uma avaliação completa sobre o seu tipo de pele, ok? 

Esperamos que com essas dicas para pele oleosa você consiga ter uma pele mais bonita, saudável e com a oleosidade sob controle. E se você quiser ainda mais dicas de saúde e bem-estar, que tal nos seguir no Instagram

Referências 

Sociedade Brasileira de Dermatologia. Cuidados diários com a pele. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/cuidados/cuidados-diarios-com-a-pele/>. Acesso em: 18 mar. 2021. 

Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional de São Paulo. Pele oleosa pede atenção especial. Disponível em: <https://www.sbd-sp.org.br/geral/pele-oleosa-pede-atencao-especial/>. Acesso em: 18 mar. 2021. 

Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional de Rio de Janeiro. Disponível em: <https://sbdrj.org.br/como-cuidar-da-pele-oleosa/>. Acesso em: 18 mar. 2021. 

posts relacionados