Para que serve o ácido kójico na pele? Conheça 5 usos deste clareador de manchas

01/02/2022 nanocosméticos

Você já ouviu falar para que serve o ácido kójico na pele? Essa substância tem um efeito incrível na diminuição de manchas em decorrência de danos causados pelo sol, pelo envelhecimento normal do corpo ou até mesmo por condições como o melasma e a acne.  

Por conta disso, ele está presente em inúmeros dermocosméticos como sabonetes, cremes, máscaras e loções, trazendo seus benefícios para a rotina de skincare das pessoas.  

Ficou interessado em saber como incorporar esse ativo à sua rotina de cuidados? Conheça o que é o ácido kójico, para que ele serve e como utilizá-lo! 

O que é o ácido kójico? 

O ácido kójico é uma substância derivada de diferentes tipos de fungos e também um subproduto de alimentos fermentados como saquê, molho de soja e vinho de arroz¹. 

Esse ativo tem uma ação reconhecida de despigmentação, inibindo a síntese da melanina que causa manchas no corpo e no rosto². 

Diante disso, o ácido kójico serve na pele principalmente para tratar condições que tragam alguma marca ou cicatriz, como o melasma, a acne e a exposição solar. 

Veja em detalhes como age o ácido kójico e para que ele serve na pele! 

Como age o ácido kójico? 

Como você viu, a principal função do ácido kójico é a de inibir a síntese de melanina e atuar como um clareador. Mas como isso ocorre de fato?  

Na prática, ele previne e bloqueia a formação de tirosina, um aminoácido necessário para a produção da melanina¹, o pigmento que dá cor aos cabelos, pele e olhos³. 

Como resultado dessa diminuição da produção de melanina, o ácido kójico pode trazer um efeito clareador para a pele³. 

Além disso, ele age também como um antimicrobiano e antifúngico, podendo ser usado tanto para combater as bactérias que geram a acne quanto para tratar infecções fúngicas como micose ou pé de atleta¹. 

Para que serve o ácido kójico na pele? 

Por conta das suas ações listadas acima, o ácido kójico serve para clarear a pele em casos de danos provocados pelo sol, manchas em decorrência do envelhecimento ou até mesmo cicatrizes¹. 

Entenda melhor para que serve o ácido kójico nos seguintes casos:  

  1. tratamento do melasma: esse quadro se caracteriza pelo surgimento de manchas escuras na pele, mais comumente na face. Entre os tratamentos mais utilizados para remover essas marcas está o uso de cremes com ácido kójico4
  2. efeito antienvelhecimento: dermocosméticos que possuem o ácido kójico em sua formulação podem iluminar a pele, melhorar a aparência das manchas causadas pelo envelhecimento e também minimizar os danos promovidos pela exposição solar em excesso. A redução dessas marcas traz como efeito um rejuvenescimento³;  
  3. diminuição da aparência de cicatrizes: esse ativo também pode reduzir a intensidade de cicatrizes, diminuindo a pigmentação escura presente nelas. Ao clareá-las, elas se tornam menos perceptíveis³; 
  4. benefício antifúngico: ele também pode ser útil para prevenir e tratar infecções fúngicas como micose, pé de atleta e candidíase³; 
  5. efeito antibacteriano: como ele pode ajudar a combater vários tipos comuns de cepas bacterianas, isso pode auxiliar o tratamento da acne provocada por bactérias na pele. Além disso, ele pode clarear as cicatrizes de espinhas que ainda não desapareceram¹. 

Como usar o ácido kójico na pele?  

Como o ácido kójico serve para clarear a pele, ele é tipicamente utilizado de forma tópica para tratar diversas condições dermatológicas que tem, de alguma forma, a hiperpigmentação como consequência¹. 

Para isso, ele está presente em inúmeros dermocosméticos, como¹: 

  • pós; 
  • séruns
  • cremes; 
  • sabonetes; 
  • máscaras faciais.    

No entanto, antes de usá-lo, é interessante consultar um dermatologista para avaliar qual é a melhor concentração do produto para o seu caso. Assim, evitam-se possíveis efeitos colaterais negativos que ele possa trazer¹. 

Isso porque, apesar de ser seguro, em algumas circunstâncias ele pode desencadear uma dermatite de contato, com sintomas como vermelhidão, irritação e coceira¹. 

Uma boa notícia é que ele não é fotossensível, ou seja, pode ser usado tranquilamente em períodos diurnos, porém sempre acompanhado de um protetor solar². 

Após o início do uso do ácido kójico, você pode começar a perceber os resultados positivos a partir de duas semanas¹. 

Quais produtos com ácido kójico posso utilizar? 

Depois de descobrir para que serve o ácido kójico e entender que ele é um poderoso clareador, ficou interessado em saber em quais produtos você pode encontrar essa substância?  

Conheça o Clareador Facial Blancy Loção, da Mantecorp Skincare, um clareador progressivo da pele que melhora a sua textura e uniformiza o seu tom. 

Esse produto contém um complexo de ativos clareadores que diminuem as hiperpigmentações da pele, auxiliando no seu clareamento e reduzindo as alterações causadas pela idade, pela exposição solar em excesso e por disfunções hormonais.  

Na sua formulação, além do ácido kójico, você encontra também alfa arbutin, outro ativo despigmentante que clareia e promove um tom uniforme na pele. 

Além disso, ele possui uma textura de gel-creme leve e de rápida absorção e pode ser utilizado tanto pela manhã quanto pela noite. 

Confira mais detalhes do Clareador Facial Blancy Loção no nosso site e veja na prática como ele pode melhorar a aparência da sua pele!  

Referências consultadas:  

1. Gotter A. Kojic Acid. Healthline. 17 agosto, 2017. Disponível em: <https://www.healthline.com/health/kojic-acid>. Acesso em: dezembro, 2021. 

2. Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional São Paulo. Os ácidos indicados para renovar a pele durante o inverno. Disponível em: <https://www.sbd-sp.org.br/geral/os-acidos-indicados-para-renovar-a-pele-durante-o-inverno/>. Acesso em: dezembro, 2021. 

3. De Pietro M. Kojic acid: What you need to know. MedicalNewsToday. 3 outubro, 2017. Disponível em: <https://www.medicalnewstoday.com/articles/319599>. Acesso em: dezembro, 2021. 

4. Sociedade Brasileira de Dermatologia. Melasma. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/melasma/13/>. Acesso em: dezembro, 2021. 

Imagem com as embalagens de produtos da categoria Hidratação

posts relacionados