Tudo que você precisa saber sobre alopecia na barba: das causas aos tratamentos

23/12/2021 alopecia na barba

Você já se deparou com essa situação: os pelos da sua face começam a cair, resultando em falhas circulares? Essa é uma condição que pode trazer vergonha e até mesmo diminuir a autoestima de muitos homens, chamada de alopecia na barba. Apesar das consequências negativas que ela pode trazer, ela tem tratamentos acessíveis e efetivos.  

A alopecia na barba pode atingir os homens de qualquer idade, causando a queda dos pelos da face e também de outras partes do corpo, como o próprio cabelo. Por conta disso, ela traz também danos psicológicos.  

Por isso, é crucial entender melhor o que é a alopecia na barba, suas causas, tratamentos e saber como cuidar da pele com essa condição! Veja essas e outras informações abaixo.  

O que é a alopecia na barba? 

Você já se perguntou o que pode ser a queda na barba? Na maioria dos casos, ela ocorre por causa da alopecia areata.  

Essa é uma doença autoimune, na qual o sistema imunológico ataca equivocadamente uma parte do seu corpo¹. Nesta circunstância, as células do sistema imune agridem os folículos pilosos, a parte da nossa pele que cria o cabelo². 

Como consequência dessa ofensiva os fios caem. Quanto mais folículos o sistema imune ataca, maior é a perda de cabelo². 

A boa notícia é que essas crises raramente destroem completamente os folículos pilosos, o que permite que o seu cabelo ou pelo volte a crescer na área afetada³. 

Inclusive, algumas pesquisas sugerem que apenas 5% dos pacientes perdem todos os pelos do corpo4

No fim das contas, o principal dano causado a quem sofre com essa situação é o psicológico³, pois isso interfere na rotina diária e pode até mesmo prejudicar a qualidade de vida da pessoa, o que faz com que muitos homens procurem como curar a alopecia na barba.  

Quais são as causas da alopecia na barba? 

Qualquer pessoa pode desenvolver a alopecia na barba ao longo da vida, porém algumas têm uma predisposição maior²: 

  • quem tem um parente próximo afetado pela condição: pesquisas mostram que 10% a 20% das pessoas com alopecia areata têm um membro na família com o mesmo quadro; 
  • quem tem asma, dermatite atópica, problemas na tireoide, vitiligo ou síndrome de Down: outros estudos verificaram que essas pessoas têm mais tendência a desenvolver a alopecia areata. 

Essa doença não é contagiosa e pode ser desencadeada ou agravada por questões como³: 

  1. fatores emocionais como estresse
  2. traumas físicos; 
  3. quadros infecciosos. 

Ela pode atingir pessoas de qualquer idade, no entanto pesquisas mostram um pico de incidência entre os 20 e 50 anos, sendo que 60% dos pacientes têm o primeiro episódio antes dos 205

Como tratar a alopecia na barba? 10 tratamentos dermatológicos 

O tratamento da alopecia areata vai atuar diretamente no sintoma de queda de pelos, mas infelizmente não vai curar a doença².  

Mesmo que não exista uma solução definitiva e as crises voltem a ocorrer, é indispensável procurar um dermatologista para verificar as especificidades do seu caso e encontrar maneiras para facilitar o crescimento dos pelos da face.  

Algumas possibilidades que podem ser prescritas por um profissional são as seguintes5

  1. rubefacientes tópicos; 
  2. corticosteroides tópicos e infiltrações intralesionais; 
  3. antralina; 
  4. minoxidil; 
  5. imunoterapia tópica; 
  6. dibutilester do ácido esquárico; 
  7. difenciprona; 
  8. puva; 
  9. corticosteroides sistêmicos; 
  10. ciclosporina. 

Mas atenção, nunca se automedique, pois isso pode trazer prejuízos e você ainda corre o risco de utilizar algum medicamento inadequado. Sempre consulte com um profissional de saúde antes de iniciar qualquer tratamento para a alopecia na barba. 

Como cuidar da pele com alopecia na barba? 3 dicas  

Além de tratamentos indicados por dermatologistas, existem três dicas principais para quem lida com a alopecia na barba.  

1 – Informe-se sobre a doença  

Ao compreender melhor o problema, você será capaz de perceber a evolução da doença e entender os mecanismos de gatilho dela. 

Também é importante tentar reduzir o estresse, já que as crises agudas de queda de pelo da face podem estar associadas a períodos críticos de nervosismo envolvendo problemas familiares, no trabalho, entre outros³. 

2 – Escolha cortes que valorizem a sua barba  

Uma ótima alternativa para quem se depara com a alopecia na barba é investir em cortes que valorizem o seu rosto e escondem esses buracos. Assim, você ganha tempo para o tratamento fazer efeito e os pelos voltarem a crescer e ameniza os efeitos que isso pode ter na sua autoestima  

3 – Invista em uma rotina de skincare  

Uma terceira dica fundamental é investir em skincare masculino Como a autoestima do homem com alopecia na barba pode ficar abalada por conta dessa condição, uma excelente atitude é incorporar uma rotina de cuidados com a pele.  

Por meio da limpeza, hidratação, proteção e rejuvenescimento, você estará valorizando a aparência da sua pele e tirando atenção das possíveis falhas na sua barba.  

Além disso, essa rotina, especialmente o uso de um creme hidratante, é essencial para quem faz a barba, para restaurar a camada de proteção cutânea e evitar outras condições incômodas como a foliculite.  

Quer saber quais produtos você pode usar nessa rotina de cuidados com a pele? Pensando nas necessidades do homem brasileiro a Mantecorp Skincare criou a linha Urby Men, que conta com 4 itens versáteis para uma skincare rápida e eficaz:  

  1. sabonete para rosto e corpo: controla a oleosidade ao mesmo tempo que limpa sem ressecar, promove a renovação celular, auxilia a reduzir os pelos encravados e melhora a presença de foliculite e reações como inflamação, irritação e coceira; 
  2. hidratante: acalma a pele, melhora a vermelhidão, elasticidade e suavidade, além de restaurar a barreira cutânea após o ato de se barbear;  
  3. loção facial 4 em 1: fornece uma proteção UVA/UVB e IVA com seu FPS 30 e favorece o controle da oleosidade. Além disso, tem uma ação antioxidante e rejuvenescedora, aprimorando a textura e maciez da pele. O seu toque seco e a sua textura leve e não oleosa a tornam ideal para a prática de atividades esportivas; 
  4. rejuvenescedor: tem ação antioxidante que auxilia a diminuir rugas e linhas de expressão, além de hidratar de maneira prolongada.  

Confira mais informações sobre a nossa linha Urby Men no site!  

Referências consultadas:  

1. Salas CI. Alopecia areata – já ouviu falar? Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional Rio de Janeiro. Disponível em: <https://sbdrj.org.br/alopecia-areata-ja-ouviu-falar/>. Acesso em: setembro, 2021. 

2. American Academy of Dermatology. Hair loss types: alopecia areata causes. Disponível em: <https://www.aad.org/public/diseases/hair-loss/types/alopecia/causes>. Acesso em: setembro, 2021. 

3. Sociedade Brasileira de Dermatologia. Alopecia Areata. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/dermatologia/cabelo/doencas-e-problemas/alopecia-areata/22/>. Acesso em: setembro, 2021. 

4. Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional São Paulo. Alopecia areata. Disponível em: <https://www.sbd-sp.org.br/geral/alopeciaareata/>. Acesso em: setembro, 2021. 

5. Rivitti EA. Alopecia areata: revisão e atualização. Anais Brasileiros de Dermatologia, fevereiro, 2005; 80(1): 57-68. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/abd/a/vXCLdmVdz8ct6qzkmjBCSyd/?lang=pt>. Acesso em: setembro, 2021. 

Imagem com as embalagens de produtos da categoria Cuidados Masculino

posts relacionados