Tudo sobre clareador facial: ingredientes, benefícios e dicas de como usar no skincare

21/07/2022 clareador facial

Você sofre com manchas em decorrência da exposição ao sol, acne, olheiras ou até mesmo melasma? Se sim, saiba que você não está sozinho nesta situação. Quem tem esse problema pode ter a autoestima afetada e por isso busca soluções para resolvê-lo. Uma excelente opção para isso é o uso de um clareador facial.   

A utilização diária de um kit clareador facial, contendo sabonete, hidratante e até mesmo um protetor solar, é uma ótima possibilidade para amenizar essas marcas na nossa pele por conta dos ingredientes que possuem.  

Quer entender o porquê disso em detalhes? Saiba, agora, como clarear a pele do rosto, o que causa essas manchas, os benefícios, usos e o que é um clareador facial!  

Como clarear a pele do rosto? Conheça as origens das suas manchas 

As manchas e marcas que atingem o nosso corpo, especialmente a nossa face, podem ter diferentes origens. Por isso, é interessante conhecer as mais comuns antes de aprender como clarear a pele do rosto.  

Isso é importante porque assim o seu dermatologista pode te indicar os melhores produtos para o seu caso e você fica atento às substâncias mais interessantes para o seu quadro.  

As manchas na pele surgem por causa da produção extra de melanina, processo conhecido como hiperpigmentação6

A melanina é o pigmento que dá cor à nossa pele e ao nosso cabelo. É por conta dela que aparecem sardas e manchas escuras no nosso rosto e corpo. Ela é produzida por melanócitos, que são células presentes no nosso organismo³. 

Entre as situações e condições que podem ocasionar a hiperpigmentação em diferentes partes do nosso corpo estão: 

  1. melasma: quem tem esse quadro pode perceber o aparecimento de manchas escuras na pele, principalmente na face, mas também nos braços, pescoço e colo. O melasma afeta principalmente as mulheres e não tem uma origem definida, mas pode ter relação com o uso de anticoncepcionais femininos, gravidez e exposição solar¹; 
  2. manchas solares: também podem ser chamadas de lentigos solares. Como o nome sugere, estão relacionadas com à exposição solar em excesso e surgem nas áreas expostas ao sol, como mãos, colo, ombros e rosto²; 
  3. hiperpigmentação pós-inflamatória: pode ser resultado de uma lesão ou inflamação na pele²; 
  4. cicatrizes de acne:  a acne pode ser causada pelo excesso de oleosidade na pele e também pelas células mortas e bactérias que se acumulam e obstruem os poros. Em alguns casos, ela deixa uma cicatriz depois de curada³; 
  5. olheiras: são manchas escuras, marrons ou arroxeadas e geralmente profundas que aparecem ao redor dos olhos. Elas podem incluir também bolsas de gordura, flacidez e rugas nesta mesma região4,5

Agora que você entendeu o que causa as manchas, aprenda três dicas de como clarear a pele do rosto!  

3 dicas de como clarear a pele do rosto 

Para saber como clarear a pele do seu rosto, é preciso consultar um dermatologista e ter certeza de quais são as origens das suas manchas.  

Entre as soluções e dicas que ele pode te dar estão as detalhadas abaixo!  

1 – Utilize diariamente um protetor solar  

Além de prevenir as manchas ocasionadas pelo fotoenvelhecimento, o uso de um protetor solar diário também ajuda a combater o câncer de pele³. 

O ideal é que o produto seja resistente à água, ofereça proteção de amplo espectro e tenha FPS 30 ou superior³. 

Para quem tem melasma, o uso diário de um protetor com cor é essencial. Isso porque ele tampa a mancha e a protege ainda mais contra o sol, principalmente quando você está fazendo um tratamento com clareadores7,8

2 – Opte por procedimentos dermatológicos   

Entre os procedimentos que podem ser realizados pelo seu dermatologista, especialmente nos casos de melasma, estão peelings e o microagulhamento¹. 

Os peelings são capazes de clarear a pele de forma gradual. Eles fazem isso ao atingir as camadas mais profundas dela¹. 

Já o microagulhamento é uma técnica que consiste na microperfuração da pele com finas agulhas metálicas. Por meio dessas perfurações múltiplas são estimulados os fibroblastos, células que produzem o colágeno 20,21

Mas lembre-se que o procedimento adequado para o seu caso deve ser indicado pelo seu dermatologista.  

3 – Use um creme clareador de manchas no rosto 

Um creme clareador de manchas no rosto que possa uniformizar o tom da pele também é uma ótima alternativa6

Ele pode ser utilizado depois de eliminar o que está causando as manchas (por exemplo, acne)6

Entenda melhor o que é um clareador para o rosto e como ele funciona!  

O que é um clareador para o rosto? 

Um clareador facial é um produto utilizado para clarear as áreas escuras da pele ou obter um tom mais uniforme dela10

Entre os itens que podem ser produzidos com substâncias que possuem propriedades clareadoras estão3,10

  • cremes; 
  • sabonetes; 
  • séruns; 
  • géis; 
  • loções; 
  • emulsões. 

O que faz um clareador facial? 

A principal função de um clareador para o rosto é interferir na produção de melanina, seja inibindo-a ou reduzindo-a. Com isso, ele serve para remover manchas escuras11,12

Para isso, ele pode contar com diferentes tipos de ingredientes que atuam de maneiras distintas. Entre as melhores substâncias para clarear a pele estão:  

  1. hidroquinona: é um agente clareador da pele que age diminuindo o número de melanócitos14. No entanto, ele pode apresentar efeitos colaterais como irritação e hipocromia (manchas brancas – em peles mais pigmentadas)3
  2. retinóides tópicos: são substâncias derivadas da vitamina A15. A tretinoína é o principal tipo usado em clareadores faciais. Na pele, ela aumenta a penetração de outros agentes, além de diminuir a sua melanização11
  3. arbutin:  uniformiza, clareia e também pode ajudar com as cicatrizes. Ele tem esse efeito ao reagir com a melanina por meio do suprimento da atividade da tirosinase, uma enzima que tem papel crucial na produção da melanina16
  4. vitamina C: pode ser usada para tratar a hiperpigmentação pois é capaz de reduzir a produção de melanina17
  5. ácido azelaico: tem ação despigmentante bem reconhecida e é um antibacteriano e anti-inflamatório usado para o tratamento de acne e cicatrizes18
  6. ácido kójico: sua ação despigmentante se dá por causa da inibição da síntese de melanina. Além disso, a sua maior vantagem é que não provoca irritações18
  7. ácido glicólico: esse é um ingrediente extraído da cana-de-açúcar que promove uma descamação sutil e acelera a renovação celular da pele. Por isso, é indicado para tratar melasma e acne18
  8. ácido tranexâmico: outro agente que tem papel na diminuição da síntese da melanina, por isso pode ser usado em clareadores faciais. Ele reduz a sua produção, bloqueando a interação entre melanócitos e queratinócitos19
  9. niacinamida: é uma forma da vitamina B3 que tem potencial de impedir que áreas mais escuras de pigmentação subam para a superfície da pele14
  10. cisteamina: esta substância possui ação despigmentante por meio da inibição da síntese da melanina22

Conheça os benefícios de um clareador para o rosto.  

3 benefícios de adotar um clareador facial 

Os principais efeitos positivos que o uso de um clareador facial pode trazer são os listados abaixo.  

1 – Reduz manchas 

O uso de tratamentos e produtos clareadores faciais pode reduzir manchas escuras na pele provocadas pelo sol, envelhecimento, alterações hormonais e outras condições10

2 – Diminui a aparência de cicatrizes de acne 

Os clareadores faciais também são muito úteis para amenizar as cicatrizes de acne10

Eles não são capazes de melhorar a inflamação ativa e a vermelhidão causadas por espinhas. No entanto, eles auxiliam a diminuir as áreas vermelhas ou escuras que permanecem após a sua cura10

3 – Uniformiza o tom da pele 

Ao minimizar as áreas de hiperpigmentação, como aquelas afetadas pelo sol, os clareadores faciais podem uniformizar o tom da pele10

Além disso, eles também podem ajudar a reduzir a aparência de sardas10

Como usar um kit clareador facial? 

Você pode usar um kit de clareador facial dentro da sua rotina de skincare. O passo a passo inclui o uso de um sabonete, de um creme e de um protetor solar.  

1 – Lave o rosto com um sabonete facial clareador  

Lavar o rosto com um sabonete adequado para o nosso tipo de pele é fundamental. Afinal, é dessa maneira que retiramos as sujeiras que se acumulam ao longo do dia na nossa face, como poluição, suor, bactérias, células mortas e restos de maquiagem. Consequentemente, evitamos que os nossos poros fiquem obstruídos13.  

Ao desobstruir os poros, o sabonete previne o surgimento da acne, que eventualmente pode gerar manchas na pele13.  

No caso de um sabonete facial clareador, você deve buscar pelos ingredientes citados acima para uniformizar o tom e clarear a pele. 

2 – Use um sérum clareador 

Já o hidratante é responsável por manter a camada de proteção da nossa pele, evitar o seu ressecamento e o seu envelhecimento precoce13.  

No caso de quem procura um sérum clareador, a dica é optar por aqueles que contenham ingredientes como ácido tranexâmico e alfa arbutin.  

Nesta etapa da skincare, você também pode incluir clareadores específicos para as regiões dos olhos, com o intuito de amenizar as olheiras. Esse tipo de produto também atua na produção de melanina da pele e leva em consideração a delicadeza dessa área do corpo.  

3 – Finalize com um protetor solar com cor  

Como você viu acima, um protetor solar com cor pode proteger as marcas já existentes, especialmente para quem tem melasma. 

Além disso, o filtro solar é primordial para evitar o surgimento de novas manchas.  

Para isso, opte por um protetor de amplo espectro, com FPS no mínimo 30 e que seja adequado para o seu tom de pele.  

Suplementos para imunidade: para que servem, quais tomar e muito +!

Qual é o melhor clareador facial? 

Depois de entender em detalhes como funciona um clareador facial e perceber que ele é essencial para quem deseja se livrar das manchas no rosto, você ficou interessado em conhecer produtos que possam te auxiliar nesta situação? 

Para isso, você pode contar com a Mantecorp Skincare na hora de criar o seu próprio kit clareador facial. A nossa empresa atua há 40 anos criando itens pensados especificamente para as necessidades da pele brasileira.  

Para a limpeza temos o Blancy TX Sabonete, um sabonete facial clareador para as peles que necessitam de uniformização do tom e clareamento. A sua fórmula é composta por ácido tranexâmico e niacinamida, ativos que auxiliam nesse clareamento. 

Além disso, ele contém KeratolineTM, que promove uma esfoliação suave, eliminando as células mortas e melhorando a textura da pele, e Microesferas Gold encapsuladas de óleo de Jojoba que ao serem massageadas proporcionam uma revitalização e uniformidade. 

Para o clareamento da pele temos o Blancy Tx, um gel creme despigmentante especialmente formulado para essa função. Ele traz uma nanocápsula exclusiva que associa o ácido tranexâmico e alfa arbutin, promovendo um clareamento contínuo e efetivo, deixando-a visivelmente mais uniforme.  

Ele também contém nano retinol que aumenta a renovação celular e promove ação sinérgica entre clareamento e cuidado da pele. 

Já para a área dos olhos você pode usar Blancy olhos, um clareador de olheiras que atua na despigmentação da região. 

Para finalizar seu skincare, utilize o Episol Color. Essa é uma linha de proteção solar facial com cor que promove uma cobertura perfeita com efeito natural e uniforme da pele. Ele possui proteção imediata com seu FPS 70 contra os raios UVA, UVB, infravermelho A e luz visível. Está disponível em seis tonalidades. Além dele, temos também o Episol Color pó compacto, com cinco tonalidades.  

Quer adquirir esses produtos e começar a usar um clareador facial na sua rotina de skincare? Acesse o nosso site e confira em detalhes esses itens!  

Referências consultadas: 

1. Sociedade Brasileira de Dermatologia. Melasma. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/doencas/melasma/>. Acesso em: abril, 2022. 

2. De Pietro M. What You Shoul Know About Hyperpigmentation. Healthline. 7 março, 2022. Disponível em: <https://www.healthline.com/health/hyperpigmentation>. Acesso em: abril, 2022. 

3. Barrell A. What to know about hydroquinone. MedicalNewsToday. 6 fevereiro, 2022. Disponível em: <https://www.medicalnewstoday.com/articles/hydroquinone>. Acesso em: abril, 2022. 

4.  Sociedade Brasileira de Dermatologia. Veja o que são, como e por que se formam as incômodas olheiras. 29 dezembro, 2010. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/veja-o-que-sao-como-e-por-que-se-formam-as-incomodas-olheiras/>. Acesso em: abril, 2022. 

5. Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional Fluminense. Olheiras: conheça os tipos e causas. Disponível em: <https://sbdfl.org.br/noticias/olheiras/>. Acesso em: abril, 2022. 

6. American Academy of Dermatology Association. How to fade dark spots in darker skin tones. Disponível em: <https://www.aad.org/public/everyday-care/skin-care-secrets/routine/fade-dark-spots>. Acesso em: abril, 2022. 

7. Sociedade Brasileira de Dermatologia – Secção RS. Melasma. Disponível em: <https://sbdrs.org.br/melasma/>. Acesso em: abril, 2022. 

8. Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional São Paulo. Melasma: preciso usar protetor mesmo dentro de casa? Disponível em: <https://www.sbd-sp.org.br/geral/melasma-preciso-usar-protetor-mesmo-dentro-de-casa/>. Acesso em: abril, 2022. 

9. Dini TD. Palavra do dermato – Luzes e Lasers em Dermatologia. Disponível em: <https://sbdrs.org.br/palavra-do-dermato-luzes-e-lasers-em-dermatologia/>. Acesso em: abril, 2022. 

10. Santos-Longhurst A. Side Effects and Precautions of Skin Bleaching. Healthline. 22 julho, 2019. Disponível em: <https://www.healthline.com/health/skin-bleaching>. Acesso em: abril, 2022. 

11. Oakley A. Bleaching cream. DermNet NZ. 2008. Disponível em: <https://dermnetnz.org/topics/bleaching-agents>. Acesso em: abril, 2022. 

12. Marcin A. 17 Ways to Get Rid of Bags Under Your Eyes. Healthline. 15 fevereiro, 2022. Disponível: <https://www.healthline.com/health/beauty-skin-care/how-to-get-rid-of-bags-under-eyes>. Acesso em: abril, 2022. 

13. Sociedade Brasileira de Dermatologia. Cuidados diários com a pele. 1 de outubro, 2017. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/cuidados-diarios-com-a-pele/>. Acesso em: abril, 2022. 

14. Cherney K. Everything You Need to Know About Hydroquinone. Healhtline. 15 fevereiro, 2022. Disponível em: <https://www.healthline.com/health/beauty-skin-care/hydroquinone>. Acesso em: abril, 2022. 

15. DermNet NZ. Topical retinoids. Julho, 2021. Disponível em: <https://dermnetnz.org/topics/topical-retinoids>. Acesso em: abril, 2022. 

16. Migala J. What Is Arbutin? Skin-Care Benefits, Effects, How to Use It, and More. EverydayHealht. 3 fevereiro, 2022. Disponível em: <https://www.everydayhealth.com/smart-skin/what-is-arbutin/>. Acesso em: abril, 2022. 

17. Nall R. Top 3 benefits of vitamin C serum. MedicalNewsToday. 19 julho, 2019. Disponível em: <https://www.medicalnewstoday.com/articles/325801#_noHeaderPrefixedContent>. Acesso em: abril, 2022. 

18. Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional São Paulo. Os ácidos indicados para renovar a pele durante o inverno. Disponível em: <https://www.sbd-sp.org.br/geral/os-acidos-indicados-para-renovar-a-pele-durante-o-inverno/>. Acesso em: abril, 2022. 

19. Palmer WJ. Tranexamic acid for melasma. Dermatology Times. 20 novembro, 2018. Disponível em: <https://www.dermatologytimes.com/view/tranexamic-acid-melasma>. Acesso em: abril, 2022. 

20.Sociedade Brasileira de Dermatologia. Microagulhamento. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/tratamentos/microagulhamento/>. Acesso em: junho, 2022. 

21. Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Microagulhamento. Disponível em: <https://www.sbcd.org.br/procedimentos/cosmiatricos/microagulhamento/>. Acesso em: junho, 2022. 

22. Faria TM. Uso da cisteamina no tratamento de melasma. BWS Journal. Julho, 2020; 3, e200700114: 1-9. Disponível em: <https://bwsjournal.emnuvens.com.br/bwsj/article/download/114/73/362>. Acesso em: julho, 2022.  

Imagem com as embalagens de produtos da categoria Clareadores

posts relacionados